Reduza 50% da sua conta de luz. 10 dicas imperdíveis

Energia Solar em Cabo Frio, RJ

Reduza 50% da sua conta de luz. 10 dicas imperdíveis

lf7

COMO REDUZIR SUA CONTA DE LUZ PELA METADE

 

O Brasil está vivendo uma situação completamente atípica nestes últimos anos. Como consequência dos problemas com a falta de chuva e o contínuo desperdício de água por grandes produtores e boa parte da população. Os reservatórios hídricos de três importantes regiões do país (Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais) estão passando por um período de escassez jamais alcançado anteriormente. Esta diminuição do volume de água disponível para a população atinge não somente aquilo que seria utilizado para abastecimento hídrico das cidades destes Estados, mas também a produção de energia de todo o país, já que a maior parte dela é feita por hidroelétricas.

A consequência disso tudo nós brasileiros já conhecemos bem, que é o aumento das contas de água e luz pelo resto do ano. As ações que devem ser realizadas para controle do consumo de água já são divulgadas e conhecidas por toda população, mas você sabe o que fazer para economizar mais energia e também diminuir o valor da sua conta de luz? Vamos compartilhar com você dicas simples e fáceis de introduzir na sua rotina para diminuir seus gastos mensais com energia. Venha conferir!

 

1 – Tire os aparelhos da tomada

Você tem o hábito de deixar tudo ligado na tomada? Ou então não gosta de colocar o computador para desligar, simplesmente para não ter problemas quando religá-lo novamente? Talvez seja a hora de repensar sua relação com estes aparelhos. Tudo que você deixa em stand by na sua casa (a TV, o DVD, o computador, o rádio e todos aqueles aparelhinhos que ficam com uma luzinha acessa quando você “desliga”) estão gastando muita energia.

Não deixe carregadores conectados nos plugs das tomadas, evite o uso de benjamins. E não deixe aparelhos já carregados ligados na tomada.

 

2 – Mude o chuveiro para o modo verão

A época de escassez de chuva no Brasil está coincidindo, felizmente, com o calor. Como os dias estão muito quentes, você não tem a menor necessidade de enfrentar uma ducha de água quente enquanto lá fora está fazendo mais de 30ºC. O modo verão é muito mais econômico que o modo normal e, especialmente, do que o modo inverno. Um banho de 15 minutos pode gastar de 0,25 a 0,50 centavos a cada minuto, parece pouco mas multiplique por todos os banhos de toda família da casa durante o mês.

 

3 – Troque as lâmpadas

Esta talvez seja uma das melhores estratégias para economia de energia dentro da nossa própria casa, mas que é completamente ignorada por boa parte da população. Uma simples troca de lâmpada, pode lhe ajudar a economizar quase 70% na sua conta de luz. As lâmpadas tradicionais, também conhecidas como incandescentes, têm a cor mais amarelada e gastam, pelo menos, 75 watts para funcionar normalmente. Trocar uma lâmpada tradicional por uma fluorescente, que tem a iluminação mais branca, pode passar o consumo de cada luminária para cerca de 15 watts, além de deixar o ambiente iluminado muito mais confortável do que quando utilizamos uma lâmpada incandescente.

Para quem pode e quer gastar um pouco a mais para, no futuro, economizar bastante, compre painéis solares. Eles podem ajudar a longo prazo.

4 – Durante viagens

Vai viajar, desligue tudo da tomada com exceção da geladeira que deve ser posicionada no mínimo.

 

5 - Não sobrecarregue as tomadas.

Tomadas sobrecarregadas geram aquecimento e assim desperdiçam energia elétrica, além do risco de curto-circuito

 

6 – Valorize a iluminação natural da casa

Uma maneira para precisar iluminar menos os cômodos do seu apartamento ou sua casa, é contar com boas estratégias de decoração, que ajudam a deixar o ambiente mais claro. Para isto use sempre tintas claras para pintar as paredes dos cômodos que você vai frequentar mais, como o quarto ou a sala de visitas, e sempre que possível conte com a ajuda de uma janela aberta para permitir a maior incisão de raios solares na casa.

 

7 – Fique atento ao uso de eletrodomésticos

Dê preferência a compra de aparelhos com selo do Inmetro de categoria A

. Geladeira: Comece, portanto, pela cozinha: verifique se sua geladeira está funcionando normalmente, se a vedação da porta está perfeita e se você não está deixando ela aberta. Além disso crie o hábito de desgelar o eletrodoméstico com frequência, para melhorar a sua capacidade de refrigeração sem obrigá-la a gastar muita energia. Dica: “Coloque uma folha de papel na parte onde fecha a porta. Se ela facilmente sair é porque a borracha não está mais fixando bem, o que gera a saída de ar”, deixe sua geladeira afastada 15 centímetros da parede, para evitar contato com fonte de calor assim como fogão e o sol, além de não colocar roupas ou sapatos atrás do aparelho.

. Máquina de lavar: Quando utilizar a máquina de lavar, use a estratégia de acumular muita roupa para colocar na máquina de uma só vez, já que tem o mesmo desempenho com pouca roupa permitindo que ela trabalhe com o máximo da sua capacidade e com intervalos maiores, não sobrecarregando o consumo de energia.

 

8. Ferro de Passar

. Evite ligar o ferro de passar roupas nos horários em que muitos outros aparelhos estejam ligados. Ele sobrecarrega a rede de energia elétrica.

. Habitue-se a juntar a maior quantidade possível de roupas e passá-las todas de uma só vez. . . . Regular a temperatura, no caso dos ferros automáticos. Passar primeiro as roupas delicadas, que precisam de temperatura menos calor.

. Depois de desligar o ferro, aproveite ainda o seu calor para passar algumas roupas leves.

. O ferro a vapor trabalha com uma potência maior que o ferro seco e, portanto, apresenta consumo maior.

. Siga as instruções de temperatura para cada tipo de tecido.

 

9. Ar condicionado

. Ar-condicionado inverte é muito mais economico.

. Manutenção adequada, garantindo maior durabilidade e eficiência do aparelho.

Sempre siga o manual do equipamento, faça a limpeza do filtro e realize as demais manutenções periódicas. Fique atento a isso.

. A função Sleep muitas vezes é mais vantajosa que a função Timer.

. Ambiente corretamente vedado

 

10. Instalações Elétricas mal feitas

Instalações elétricas que não atendem normas técnicas, favorecem o consumo extra de energia elétrica e aumenta os riscos de incêndios e queimas prematuras de eletrodomésticos. Contrate um profissional qualificado e não curiosos, já ouviu o ditado “o barato sai caro”? O profissional também pode constatar se está ocorrendo uma fuga de corrente. Faça uma revisão elétrica a cada periódica. Fiação antiga e mal dimencionada causam aquecimento e perda de energia.


Categorias


Salvamos dados da sua visita para melhorar e personalizar sua experiência aqui na Solutudo. Ao continuar, você concorda com a nossa Política de Privacidade.