A utilização de inteligência artificial

Advocacias em Joinville, SC

A utilização de inteligência artificial

Publicado em: 13/12/2018 às 16:32 Por Oliveira & Castro Advogados Associados
A utilização de inteligência artificial

A utilização de inteligência artificial – máquinas inteligentes munidas de softwares que compreendem, aprendem, agem inclusive percebendo a informação de forma até mesmo humanizada e ainda, sistemas de nuvem, big data e acesso remoto – vem sendo grande aliada na condução e operação de diversas atividades empresariais e, de indiscutível diferencial na criação de novas oportunidades, modificando e fazendo verdadeiro upgrade nas ferramentas de gestão.

Hoje, ainda que a grande massa talvez não se de conta, já estamos cercados por inteligência artificial (A.I.), por exemplo os boots que operam como atendentes de telemarketing por telefone, internet, eis que a grande maioria dos e-commerces, possuem atendentes virtuais, sem falar na gama de dados pessoais e preferências coletadas dos usuários a cada instante nas redes.

Ademais, a inovação tecnológica trazida pelos software de A.I. é grande aliada nas investigações internas empresariais, na detecção, identificação e solução de práticas não aceitas pelas empresas, desvios comportamentais no trabalho e até mesmo indícios de fraude, isso porque, são capazes de coletar dados de forma incomparavelmente maior que as pessoas em si, ainda que munidas de aparato tecnológico convencional.

Todavia, imprescindível listar duas grandes preocupações que surgem quando se fala de sistemas inteligentes:

Preservar os limites legalmente estabelecidos, buscando resguardar a privacidade, dignidade e a intimidade dos clientes, usuários e funcionários (ainda que investigados), agindo de forma ética e transparente evitando eventuais questionamentos no âmbito judicial.

Quanto a eventual funcionário investigado, esse cuidado é de extrema importância para que no caso de confirmação de suspeitas e denúncias, não haja nenhuma nulidade a ser questionada, para que então, a instituição possa de fato tomar as medidas cabíveis, sejam elas encaminhar o funcionário para uma reciclagem, acompanhamento psicológico, anotações em seus registros, demissões e até mesmo a responsabilização cível e criminal.


Categorias


Salvamos dados da sua visita para melhorar e personalizar sua experiência aqui na Solutudo. Ao continuar, você concorda com a nossa Política de Privacidade.