Divisão de enxames

Outros Serviços
Produto oferecido por: Meliponario Savieto
A consultar
Seja o primeiro a avaliar:

A divisão de enxames é uma boa oportunidade de se multiplicar uma boa colônia, reproduzindo o plantel.

Não se deve fazer uma divisão em épocas de inverno (principalmente nos Estados do sudeste e sul do Brasil), ou se o enxame estiver fraco também.

Deve-se observar que nem todos tipos de abelhas​ podem ser divididos com frequência, pois se não houver variação genética na região, pode haver consanguinidade e o enxame não desenvolverá. As abelhas nativas tem diferentes formas  de reprodução, portanto, é importante observar qual abelha pretende-se reproduzir e como se forma a rainha:

Existem três formas básicas de reprodução de colônias criadas em caixas racionais:

Trigonas, exemplo: Jataí, deve-se reproduzir somente se houver a realeira (um ovo maior que os demais e que se localiza nas extremidades dos discos de cria). Da realeira nascerá uma nova princesa que se transformará em rainha. Esse tipo de reprodução pode levar até 40 dias.

Meliponas, exemplo: Mandaçaia. Entre novas abelhas que nascem, em torno de 25% são princesas e zangões. Nesse tipo de divisão, basta colocar os ovos que estão para nascer, abelhas novas e campeiras em uma nova caixa, que dentre elas, uma das princesas se tornará rainha. Esse tipo de reprodução é rápida e pode levar apenas 7 dias para se ter uma nova rainha. Dependendo da abelha e da região, o tempo pode ser maior.

Frisiomelitas:exemplo: Marmelada. Normalmente para divisão, costuma-se pegar uma parte dos ovos,juntamente com abelhas novas e campeiras e colocar em outra caixa. Desses ovos novos, nascerá uma princesa que se tornará rainha. em muitos casos, é possível observar a formação de uma nova princesa entre os ovos.


Avaliações

Ninguém avaliou esse produto ainda. Que tal ser o primeiro?