Afinal o que é EPI?

EPI - Equipamentos de Proteção Individual em Jundiaí, SP

Afinal o que é EPI?

Publicado em: 23/03/2020 às 15:18 Por Dom Quixote Equipamentos de Proteção Individual
Blog EPI

Após o surto da pandemia do Coronavírus, cada vez mais os noticiários e postagens tem citado o termo EPI. Diversas pessoas se perguntam: afinal, o que é EPI? E por que ele se tornou tão essencial?

O Equipamento de Proteção Individual – EPI – é um item essencial para a proteção e a segurança do indivíduo que o utiliza. Seja para uso doméstico ou profissional, o equipamento é um auxílio para a função que traz algum risco para a pessoa em realização de alguma tarefa em execução, tais como: trabalhos de risco, exposição a vírus ou bactérias, ambientes altamente sujos e contaminantes, atividades com risco de corte, lesão temporária ou até mesmo definitiva.

O EPI, pode ser usado sempre que a tarefa em execução colocar em risco a saúde ou a segurança do usuário. É comum que algumas profissões e empresas consumam esse tipo de equipamento, uma vez que a lei trabalhista exige que ao exercer uma atividade de risco, seja para a saúde ou segurança, o trabalhador deverá estar devidamente equipado.

Há diversos tipos e nomes de EPIs no mercado de acordo com o trabalho exercido. As proteções vão da cabeça aos pés, como: capacete, luvas, máscaras, roupas especiais, óculos, coletes, cintos, calçados. Cada um deve ser homologado e devidamente testado antes de ser colocado para comercialização e consumo.

 

Por que o EPI está em evidência agora?

 

É comum as pessoas procurarem se sentir seguras em meio ao caos, a desordem e ao perigo. O EPI tem de fato essa propriedade de trazer segurança. Mas ele não é o único fator determinante para garantir que alguém não esteja exposto ao risco. Cada situação, requer uma série de outras atitudes, para que o EPI tenha seu efeito. Aliás o EPI, é o último a entrar em ação, quando todas as outras atitudes e regras foram seguidas.

Atualmente diante do cenário do Coronavírus, a maioria das pessoas devem considerar fatos como: estar em casa protegidos, lavar as mãos, manter a higiene pessoal, entre outras recomendações feitas pelos órgãos governamentais, médicos e meios de comunicação, que tem por missão levar o conhecimento para prevenção de todos.

Isso nos leva a concluir que o EPI só é de fato EFICAZ quando colocada em prática todas as outras regras que permeiam a situação de risco, seja ela qual for e onde for.

 

Qual a diferença entre EPI e EPC?

O EPC é semelhante ao EPI. Sua sigla representa as palavras: Equipamento de Proteção Coletiva e tem por função proteger o coletivo, o todo, o grupo que está em risco.

Exemplos clássicos de EPC: placas educativas quanto ao uso do EPI ou a segurança do ambiente, cones e equipamentos para sinalização do ambiente com risco de acidentes, itens que abriguem ou protejam mais que uma pessoa ao mesmo tempo, entre outros.

O que todos nós buscamos sempre será a PROTEÇÃO. E essa palavra nunca se tornou mais SIGNIFICATIVA para nós em tempos de crise, como atualmente.

Essa será sempre a melhor e única saída para nos livrarmos dos riscos diários que surgem em nossa rotina.

Por isso proteja-se e mantenha-se seguro. Não apenas com equipamentos, mas também com atitudes que minimizem os riscos.

Agradecemos a leitura e até a próxima dica!

 

 

Marketing de Vendas - Dom Quixote EPI

 

 


epiepccornavirusproteçãoequipamento de proteção individualmáscararespirar melhorsegurançafique em casaseguroriscoperigo

Salvamos dados da sua visita para melhorar e personalizar sua experiência aqui na Solutudo. Ao continuar, você concorda com a nossa Política de Privacidade.